quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Rotina

Tracei meus contornos no lápis preto sobre a branca folha vazia. Trancei meus cabelos no trabalho de sempre, nas ondas do dia. Tracei os meus planos baseada em erros e acertos já gastos. Trancei os meus pés sentada à escrivaninha de sempre. Tranquei no armário a fadiga. Transpus a covardia, o delírio, a insônia. Transfigurei-me.... 23.01.2008 - 22h38min

Um comentário:

orlando reis disse...

Absorveu o mundo... ultrapassou a estreita passagem dos eleitos... libertou-se... Sucesso, sempre!