quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Saudade (III)

Mãos vazias... 31.01.2008 - 01h56min

2 comentários:

Érica Pierre Costa disse...

Oie Simone
Tudo bem?
Gostaria de agradecer pelo seu comentário no meu blog. E realmente, concordo contigo, vale a pena correr o risco do plágio para ver que o que você escreve consegue mexer com as pessoas. E afinal, se plagiarem, é por que gostaram tanto do que você fez a ponto de desejarem que eles próprios pudessem fazer igual.
Gostei muito da suas poesias, textos e contos minimalistas, em especial o "Saudade(II)"
Com poucas palavras você descreveu um forte sentimento entre duas pessoas. Identifiquei-me bastante com essas suas palavras.
Outro que gostei muito e que também me identifiquei, que tocou em algo dentro de mim, foi o poema "Dúvida Cruel"
Também voltarei sempre aqui no seu blog. Inclusive coloquei-o na lista de links no meu blog.
Beijos

orlando reis disse...

Somente à mão vazia é dado oportunidade na colheita. Somente a mão vazia pode torna-se personagem de si mesma.
Sucesso!