segunda-feira, 14 de abril de 2008

Violência

Quando o amor surge a paixão vem e degola o coração faz arte por toda parte e pendura os quadros pintados de sangue nas paredes do cemitério dos peitos doentes de amor. Só o amor pode matar a violência... Alina e Simone Aver Aos 18 minutos do dia 14 de abril de 2008

2 comentários:

Nath disse...

o amor é assim mesmo, apropriador monopolista do nosso coração...

.........intenso.........

Anônimo disse...

"os fogos violentos devoram-se a si próprios" Shakespeare