quarta-feira, 28 de abril de 2010

Família

Laço independente
fita mimosa latente
nó que amarra sem dor
flor que voluntária nasce
e-terna semente de amor.

Quem disse que a gente não escolhe?




28.04.2010 - 07h04min
This is my message to you

Um comentário:

Brunno Soares disse...

Laços familiares sao sempre profundos, ou pelo menos devem ser... seus versos sintetizaram essa ligação.
gostei mt..
grande bjo