domingo, 7 de dezembro de 2008

Para TI

*Obrigada por manteres o meu jarro cheio...
Exerço o direito de permanecer falante
digo e repito, pra quem quiser ouvir
e pra quem não quiser
e pra quem não entender
e pra quem não se importar
que minha vida,
que meus olhos,
que meus pensamentos,
que meus minutos todos,
que todas as contradições,
que todas as celebrações,
que todas as impertinências,
que todas as indolências,
que todas as menções
e todas as alegrias
e todas as lágrimas
e todas as festas
as canções
as loucuras
as decências
e as in
e todos os abraços
e todos os jogos
e todos os desejos
e todos os encantos,
são teus
são pra TI.
07.12.2008 - 12h03min
(...e tu sabes que é assim...)

2 comentários:

© efeneto disse...

Olá amigo/as.
Venho por este meio agradecer a todos aqueles que tiveram a amabilidade de por todas as vias me endereçaram as melhoras e tiveram a paciência de esperar. Aos poucos e na medida do possível irei retomar as publicações no “Grito” agora renovado e as visitas aos amigos.
Porque o tempo urge e a amizade espera, vou começar a colocar as visitas em dia.
Beijos a quem é de beijos e abraços aos restantes.
©efeneto

Anônimo disse...

9 de dezembro, um dia igual a todos os dias, mas este tem um quê de sei lá o que, que lembra aniversário!

teu eterno ROSPO