domingo, 27 de junho de 2010

Ausência

EU DEIXAREI QUE MORRA EM MIM O DESEJO

DE AMAR OS TEUS OLHOS QUE SÃO DOCES

Porque nada te poderei dar senão a mágoa

de me veres eternamente exausto

No entanto a tua presença é qualquer coisa

como a luz e a vida



E eu sinto que em meu gesto existe o teu gesto

e em minha voz a tua voz

NÃO TE QUERO TER PORQUE

EM MEU SER ESTÁ TUDO TERMINADO.

Quero só que surjas em mim

como a fé nos desesperados



Para que eu possa levar uma gota de orvalho

nesta terra amaldiçoada

Que ficou sobre a minha carne

como uma nódoa do passado.

EU DEIXAREI... TU IRÁS E ENCOSTARÁS

A TUA FACE EM OUTRA FACE.



TEUS DEDOS ENLAÇARÃO OUTROS DEDOS

E TU DESABROCHARÁS PARA A MADRUGADA

Mas tu não saberás que quem te colheu fui eu,

porque eu fui o grande íntimo da noite

Porque eu encostei a minha face

na face da noite e ouvi a tua fala amorosa



Porque meus dedos enlaçaram os dedos

da névoa suspensos no espaço

E eu trouxe até mim a misteriosa essência

do teu abandono desordenado.

EU FICAREI SÓ

COMO OS VELEIROS NOS PORTOS SILENCIOSOS



MAS EU TE POSSUIREI MAIS QUE NINGUÉM

PORQUE PODEREI PARTIR

E TODAS AS LAMENTAÇÕES DO MAR,

DO VENTO, DO CÉU, DAS AVES, DAS ESTRELAS

SERÃO A TUA VOZ PRESENTE, A TUA VOZ AUSENTE,

A TUA VOZ SERENIZADA.





Vinicius de Moraes


















27.06.2010 - manhãzinha

3 comentários:

廷雯 disse...

河水永遠是相同的,可是每一剎那又都是新的。......................................................................

Marcello disse...

Vinícius, como em todos os seus poemas e canções, foi muito feliz nessa escrita, mesmo que ela tenha um teor de profunda tristeza.
Por que será que os poetas têm esse lado triste/bonito? Como pode a tristeza produzir obras tão perfeitas?
Você, por exemplo, é a pessoa mais alegre e mais triste que conheço. E eu nunca consegui deixar de sentir uma grande vontade de cuidar de você. No entanto, "todas as lamentações do mar,/do vento, do céu, das aves, das estrelas/serão a tua voz presente, a tua voz ausente,/a tua voz serenizada".




Beijos


Cello

Teletubbie disse...

Pelo que eu entendi, esse ai de cima já era des 2003. O otro, o que me deu nome, já era também? Cruiz! Tu faiz coleção de home, mulé? Tem lugarzinho aí pra mais um?