domingo, 2 de março de 2008

Conseqüência

Forneces uma palavra com ela te faço um verso se me deres um verso escrevo um poema se me ofereces um poema invento um conto se,porém, um romance ofertares, então terás nas mãos a vida dessa poeta... Traça na mão que escreve a linha da vida... 02.03.2008 - 17h52min

3 comentários:

martha barbosa disse...

não vou cansar nunca de visitar teu blog, sempre tem algo de novo, ou simplesmente algo que meus olhos não ...já te visitei 2 vezes, não tenho notícias suas, saudades.... beijos martha

Poeta Mauro Rocha disse...

Simone, esse poema é ótimo.

Posso lhe fazer uma pergunta?
bem lá vai...

Você não acha que "poetisa" é mais poetico que "poeta" ?

Não me entenda mal, é que eu acho linda essa palavra "poetisa".

Como eu disse e repito, esse poema é ótimo.

.DUST.

Roberto Amezquita disse...

Um verso um poema?


Danzando aire infinitesimal espejo